VIDA NA AMERICA

Como é a vida de um brasileiro em New York

Está pensando em morar em New York? Então esse texto é para você!

Que a vida em outro país é diferente tanto no idioma quanto na cultura todos nós já sabíamos, né? Mas falando especialmente de New York, já parou para pensar em você bem adaptado a cultura nova-iorquina, trocando o português pelo inglês, se vestindo à sua maneira e esperando seu US$0.01 centavo de troco ao comprar uma bala? A vida em New York é um pouco paralela ao restante do mundo, a cidade está sempre inovando, sempre com alguma coisa para fazer, tem suas peculiaridades que falaremos mais adiante e não tem como um brasileiro morar em New York e não pegar um pouquinho de alguma coisa para si.

Nesse artigo iremos falar um pouco sobre a cultura dos nova-iorquinos e o que acontece com a maioria dos brasileiros que vão morar nessa cidade. Conheça o que é estranho de início e depois passa a ser normal, os costumes, os hábitos, o ritmo de vida e saiba que uma vida inteira em New York não é o suficiente para usufruir de tudo o que a cidade tem para te oferecer.

Mistura de idiomas

Os brasileiros que se mudam para o exterior acabam misturando o português com o inglês na hora de se comunicar. No começo isso pode até parecer estranho para um recém chegado, ouvir alguém falando um pouco em inglês e um pouco em português na mesma frase. Mas isso acontece frequentemente e é totalmente normal! Não é que a pessoa está mostrando que sabe falar em inglês ou tentando se passar por um nativo da cidade que não consegue mais se lembrar das suas raízes, é que o inglês acaba não sendo decorado e começa a fazer parte da sua língua também. Muitas vezes as pessoas não se lembram mesmo do termo em português e outras vezes as palavras em inglês parecem mais adequadas para expressar o que se quer dizer (como whatever – tanto faz, schedule – horário/agenda, amazing – incrível, freaking out – pirando, partime – meio-período, fulltime – tempo-integral…).

Falar com as duas línguas é normal! Porque quando você está conversando as palavras podem não vir à cabeça na hora e você usa o que veio primeiro para se comunicar e se expressar. Entretanto, na hora de escrever há tempo para pensar Principalmente quando é algo formal ou importante! Então não é legal misturar os idiomas na escrita. Evite que seu cérebro se acostume com isso!

Ritmo frenético de New York

New York é mesmo como mostra os filmes! Uma pessoa de casaco com um copo de café na mão apressada pelas ruas para chamar um táxi é a imagem da vida em New York. As pessoas correm para lá e para cá, corre para atravessar o sinal, correndo para não perder o trem, dizendo “excuse me” querendo passar na sua frente. Depois de um tempo morando em New York, você acaba se contagiando por esse ritmo e corre para pegar o metrô mesmo que você não esteja com pressa e venha outro trem 2 minutos depois daquele.

Inclusive, a maioria dos moradores de New York acaba não tendo paciência com a Times Square. Porque o ritmo da cidade é apressado e na Times Square existem muitos turistas querendo aproveitar a atração turística, que é essa avenida, e tem muitos personagens querendo tirar fotos.

O exótico é normal

New York é um lugar onde você pode ser diferente! Pode usar aquela roupa super ousada, pode usar aquele penteado diferente com uma cor diferente ou agir de uma maneira completamente esquisita que ninguém vai se importar! As pessoas não julgam e depois de um tempo morando na cidade, você acaba se acostumando com o maluco e com o exótico e acha normal, passa a ignorar e não julgar também. Vida em New York

Bonecas Barbie enroladas no cabelo, todos os pelos do corpo e cabelo pintados de colorido, um marmanjo de 30 anos vestido de bebê sugando uma mamadeira, um vestido feito de bexigas, alguém com uma fantasia típica de carnaval brasileiro no meio da rua… É possível ver de TUDO nas ruas da cidade, as pessoas podem ser o que elas quiserem. E isso é incrível! Em New York você pode ser você sem medo de opinião alheia.

Cantar na rua, fazer palhaçada, beijar seu parceiro ou parceira (tanto faz sua sexualidade), vestir o que quiser, fantasiar seu cachorro, levar seu gato para andar de patins… Pode até existir algum julgamento de alguém, mas vai ser interno. Porque não existe aquele olhar de espanto e de reprovação. Em New York cada um vive sua vida e todos respeitam o espaço um do outro. Respeitando as leis, vale tudo.

Uma vida inteira em New York não é o suficiente

Uma vida inteira em New York não é o suficiente para experimentar tudo o que a cidade tem para oferecer. Nessa cidade tem todos os tipos de restaurantes do mundo, chinês, japonês, italiano, tailandês, francês, brasileiro… Tem curso de todo quanto é tipo, qualquer coisa que você queira estudar certamente encontrará em New York, tem vários museus diferentes… e tudo está sempre de renovando, a cidade está sempre se reinventando e está sempre acontecendo alguma coisa! Você pode sair de casa para visitar uma loja, por exemplo, e se deparar com uma parada de sereias na rua.

Um turista por exemplo, pode pensar “como eu vou embora se ainda tem tanta coisa para ver na cidade?”, mas mesmo que esse turista more na cidade e passe a vida inteira passeando não será o suficiente para conhecer tudo.

Hábitos nova-iorquinos

Troco correto

Os brasileiros estranham o fato de em New York as pessoas darem o troco das compras corretamente. Se a sua compra foi US$2.98 então terá US$0.02 centavos de troco. Nós brasileiros acabamos nos acostumando com os arredondamentos dos centavos ou receber os centavos em balinhas. Em New York não tem isso! É centavos, mas é seu! Você irá receber cada centavo de volta pela sua compra.

Alertas de catástrofes

Em New York também acontece deles alertarem sempre a população sobre catástrofes climáticas como nevasca ou temperaturas muito baixas. Eles fazem alardes muito grandes e chega a ser chato o sensacionalismo deles em cima das notícias sobre o clima. Mas se for para pecar em alguma coisa, que seja por alardear demais e não de menos, não é? Assim as pessoas ficam com medo e seguem as instruções das autoridades. Com a população bem informada é possível prevenir acidentes e prejuízos.

Horários

Os brasileiros também costumam ter o hábito de se atrasar em compromissos. Um show que era para começar as 22:00 começa as 22:45, ou um desfile que era para começar as 18:00 começa as 18:15 e no Brasil isso é normal! Acontece tanto que acaba passando despercebido. Em New York o evento começa exatamente na hora que foi marcada para começar. Espetáculos da Broadway são extremamente pontuais! Uma reserva em um restaurante só te espera por no máximo 5 minutinhos ou você perde a reserva. Os horários são sempre seguidos a risca e o brasileiro precisa se acostumar com isso, porque eles levam muito a sério.

Vida saudável

Um hábito bem exclusivo dos nova-iorquinos é a vida saudável. Os Estados Unidos tem fama e dados alarmantes de obesidade, tem fama de fast-foods, refrigerantes, gordura, açúcar… Mas especialmente em New York, é muito comum ver pessoas praticando exercícios físicos e procurando comer bem. Até no frio é comum encontrar pessoas na área externa se exercitando. Tem muitos restaurantes de comidas saudáveis em New York, de salada, de comida orgânica… e eles realmente procuram evitar fast-foods e manter uma vida saudável.

Elogios de estranhos

Em New York é MUITO comum receber elogios de estranhos. Elogiam seu cabelo, sua roupa, seu acessório… No Brasil é difícil ver um estranho te elogiando na rua, é mais comum receber elogios de conhecidos. Mas em New York é extremamente comum as pessoas se elogiarem, elas elogiam e saem.

Educação

Estamos acostumados a ver nos filmes alguém apressado em New York correndo para pegar o táxi esbarrando em alguém e dizendo “Sorry!”. Os moradores de New York realmente dizem muito sorry. Mas não é só isso, eles não economizam no desculpe, com licença, obrigado. Isso mostra que nos importamos com o outro, porque estamos em um mundo onde compartilhamos várias coisas principalmente em espaços públicos e ninguém é melhor que ninguém. E isso fica muito claro em New York porque as pessoas são muito educadas e deixam isso claro na convivência do dia a dia.

Leitura

É impossível entrar no metrô e não ver pelo menos uma pessoa lendo um jornal, uma revista ou um livro. Os moradores de New York leem MUITO! Seja no parque, seja no metrô… sempre aproveitam um tempinho livre ou um espaço entre uma tarefa e outra para ler. As pessoas passam muito tempo no transporte público em New York, porque é mais viável usar o maravilhoso metrô do que ter um carro e enfrentar trânsito. Então é muito comum encontrar pessoas aproveitando o tempo no metrô para ler.

Há inspiração todos os dias

Mesmo que você se acostume com o ritmo de New York e crie uma rotina na cidade, não tem jeito, sempre terá um dia que você irá se encantar e se inspirar com alguma coisa. Seja com o Empire State iluminado, ou o One World Trade Center, ou alguma figura no metrô, ou um grupo que entra cantando no trem ou até olhar um táxi amarelo na rua típico com filmes e se dar conta de que está em New York que é uma cidade incrível.

VEJA TAMBÉM:

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo