DIVERSÃO

O que fazer em New York

Pontos turísticos, passeios e compras!

New York é uma cidade com muitos pontos turísticos e está recheada de coisas bacanas para fazer. A maior parte dos passeios estão concentrados em Manhattan, um dos boroughs de Nova York, principalmente da parte do Central Park até a Times Square. Por isso é importante saber o local para ficar numa viagem para New York, para que seja um lugar estratégico que torna todos os passeios mais fáceis.

New York tem tantas atrações imperdíveis que é fácil você ficar perdido sem saber por onde começar. Então, o que fazer em New York? Conheça então as principais atrações de New York, saiba um pouquinho sobre cada uma delas, e já tenha em mente quais você quer visitar. Algumas das atrações chegam a ser bem parecidas, então você pode escolher entre uma e outra. São imperdíveis, mas não quer dizer que você tem que visitar todas elas, até porque ninguém consegue conhecer todas as atrações de New York porque são muitas! Então escola aquelas que tem mais a ver com você e aproveite-as com calma, deixando as outras para ver em um outro dia ou em outra viagem.

O que fazer em New York

Times Square - O que fazer em New York?
Times Square – O que fazer em New York?

Times Square

Se puder, vá à Times Square até na primeira noite ao chegar em New York. A Times Square é a principal praça e ponto turístico da cidade, cheia de letreiros luminosos muito famosa entre os brasileiros por conta dos filmes. Se quiser sentir que está em New York, vá até a Times Square. É um passeio de dia e outro de noite, já que a noite todos os letreiros se acendem e a rua fica ainda mais bonita.

Nesse local você pode tirar fotos, tem o Naked Cowboy que fica tocando violão só de sunga todos os dias, tem personagens da Disney, super heróis, personagens do Shrek, são vários! Mas saiba que se tirar foto com um deles terá que pagar tips (gorjetas), eles não tiram a foto de graça.

Em volta da Times Square tem uma loja gigantesca da M&M’s, tem loja da Hershey’s, tem a escadaria vermelha onde todos querem subir para tirar fotos. E não podemos esquecer do Museu de Cera Madame Tussauds com estátuas de vários famosos que até parecem de verdade!

Ainda na Times Square tem várias lojas e restaurantes, tanto para adultos quanto para crianças. O único problema é que o preço é um pouco alto por ser um ponto turístico muito famoso, seria mais barato passar por restaurantes e lojas mais afastados da Times Square, mas eles sempre têm promoções legais. Além disso, jantar em um restaurante na Times Square é uma experiência para ficar na memória de qualquer turista.

Saiba mais sobre a Times Square aqui.

Broadway

Broadway
Broadway

Do lado da Times Square tem a Broadway, é uma rua com os principais teatros onde estão concentrados os principais shows musicais DO MUNDO! Não deixe de ir em pelo menos um ou dois desses musicais pois a produção é sensacional. O mais conhecido e disputado é o do Rei Leão, mas tem do Aladin, Frozen e vários outros.

A Broadway é uma famosa rua de Manhattan que é conhecida por seus teatros e shows da Broadway. É um dos destinos turísticos mais populares de Nova York e atrai muitos visitantes que desejam assistir a um dos muitos musicais e peças da Broadway.

Observatórios de New York

Outra coisa que você não pode deixar de fazer é subir em um dos observatórios de New York. New York é linda vista debaixo e de cair o queixo vista de cima. Suba em um arranha-céu de Nova York para ver a vista sensacional.

São eles: o One World que foi construído em cima das Torres Gêmeas, o Empire State e o Rockefeller. No Rockefeller inclusive você consegue ver o Empire State, já dá para se localizar bem na cidade e a vista é linda.

É recomendado comprar o CityPass, um combo de ingressos que custa $130 dólares e te da acesso a 6 das principais atrações turísticas de New York, como Estátua da Liberdade e Museu da História Natural. Se você fosse comprar um ingresso para o Empire State ou Rockefeller por exemplo, já seria quase $40 dólares, praticamente um terço do valor do CityPass. Vale a pena comprar para economizar, economizar tanto dinheiro quanto tempo, já que não precisa perder tempo na bilheteria, basta comprar pela internet e mostrar o QR Code pelo celular para entrar em todas as atrações.

Compras em New York

Outro item que não pode ficar de fora dessa lista sobre o que fazer em New York, são as compras! New York tem muita loja e muito centro comercial para fazer compras. Na Madison Avenue e na Fifth Avenue (5th Avenue) tem lojas de grife, lojas mais baratas… Nike, Adidas… Na Fifth Avenue tem a loja da Apple, que mesmo que você não vá comprar nada, só a loja já é uma atração porque é LINDA. Não deixe de andar por essas avenidas e entrar em todas as lojas. Assim você pode fazer suas compras e conhecer mais de New York também.

Se tiver interessado em roupas mais de marca ou lançamentos tem as lojas de departamento como a Macy’s que é muito boa. E para quem quer comprar coisa barata mas ainda de uma marca boa, tem a Century 21, é uma loja grande e tem de tudo, até malas.

Estátua da Liberdade

Estátua da Liberdade
Estátua da Liberdade

A Estátua da Liberdade fica em uma ilha mais para o sul de Manhattan e você consegue ver ela de muito longe. Mas se você quiser ver ela de perto tem um passeio de barco, o barco vai até perto dela, passa por ela e volta. Rende muitas fotos maravilhosas, é um cenário muito legal. Inclusive a Estátua da Liberdade é um dos passeios que estão inclusos no City Pass.

Tem um passeio onde você desce na Estátua da Liberdade, mas poucas pessoas fazem esse passeio porque não tem nada para fazer por lá, é somente a estátua, aí se perde muito tempo que poderia ser gasto com outras atrações de New York. Ver a Estátua da Liberdade pelo passeio de barco é muito mais legal e mais barato também.

Ainda no sul de Manhattan, aproveite para passar na rua Wall Street que é uma das ruas mais famosas do mundo, onde tem a bolsa de New York, as principais empresas e bancos de investimentos do mundo e ainda tem o Charging Bull, um touro de bronze famoso por trazer fortuna caso o turista esfregue suas partes íntimas. Muitas pessoas tiram foto com o touro.

Museus de New York

New York tem uma infinidade de museus e o American Museum of Natural History é indicado até para quem não gosta de museu. Esse é museu do filme Uma Noite No Museu que tem esqueletos gigantescos, tem o Tiranossauro Rex, uma escultura de baleira gigante pendurada no teto… é um dos maiores e mais conhecidos museus do mundo.

E para quem gosta de museu tem o Metropolitan Museum com obras mais antigas e europeias, que fica perto do Central Park e também o MoMa – Museum of Modern Art que tem um jardim lindo e obras magníficas.

Museu de História Natural

Esse museu é o queridinho da maioria das pessoas, até para quem não é fã de museu vale a pena visitar o Museu de História Natural. Animais, fósseis, planetário, tem muita coisa para gente de todas as idades (as crianças adoram). É legal separar pelo menos meio dia se quiser curtir bem o museu. Saindo de lá dá para ir para o Dakota que é o prédio do John Lennon, tirar algumas fotos, depois entrar no parque e vê o Strawberry Fields que é em homenagem ao John Lennon e curte o Central Park depois.

Descendo um pouco mais dá para visitar o Lincoln Center, o Columbus Circle e se quiser fazer algumas comprimas tem uma Century21 que vende muita coisa boa com desconto.

Metropolitan Museum

O outro museu que fica do outro lado do parque é o Metropolitan Museum, ele tem um dos principais acervos de arte do mundo com grandes nomes e sempre tem exposições incríveis. Tem quadros super importantes que você pode ver de pertinho, e na área do Egito tem uma múmia de verdade. Então dá para curtir o Metropolitan Museum e o Central Park no mesmo dia.

Memorial e Museu do 11 de setembro

O Memorial do 11 de setembro ainda é considerado uma atração nova e é uma homenagem ás vítimas de um fato histórico que marcou a história de New York, o ataque às torres gêmeas nos Estados Unidos. Ali você encontra o Memorial e também o museu do 11 de setembro que você pode querer visitar caso queira saber mais sobre essa tragédia.  Ali também tem o observatório One World que é uma das melhores vistas da cidade.

É possível visitar o memorial e o museu e no mesmo dia visitar a Brooklyn Bridge ou as outras coisas que ficam ali mais para baixo de Manhattan como o Soho que é um bairro cheio de lojinhas e restaurantes legais, ou o Battery Park, Distrito Financeiro, Chinatown que é uma região toda com cultura chinesa e Little Italy, que é um bairro ao lado de Chinatown com cultura italiana.

Todas essas atrações ficam perto, então dependendo do tempo que você separar para cada uma dá para fazer todas essas coisas no mesmo dia. Falando de atrações ali por perto, também dá para incluir no mesmo dia o passeio até a Estátua da Liberdade, tem um banco que te leva até a ilha da estátua e outro que dá uma volta na ilha que rende muitas fotos.

Central Park

Central Park
Central Park

O Central Park é imenso, tem que separar pelo menos uns 2 dias para aproveitar ele bem e uns 3 caso queira conhecer ele inteiro. Tem várias atrações dentro do Central Park, o Metropolitan Museum fica lá e o zoológico de New York também, de onde fogem os animais do filme Madagascar. Para quem tem criança é perfeito. Ainda dentro do Central Park tem o Strawberry Fields, um jardim dedicado ao John Lennon que fica perto da última casa que ele viveu. São vários pontos turísticos dentro do Central Park que você vai demorar para fazer, além de ser uma área muito linda.

O Central Park é um parque ENORME que começa na 59th St e vai até uns 50 quarteirões para frente, ele pega diferentes áreas de Manhattan e fica na parte central. Dentro do Central Park, que já é uma atração, tem várias atrações e muitas coisas para fazer dentro dele.

Inclusive, a cada estação do ano você pode conhecer um novo Central Park, porque como as estações nos EUA são bem definidas, não é como no Brasil que na maioria do tempo é calor e as árvores dificilmente perdem todas suas folhas, nos EUA no inverno as árvores só ficam com os galhos e tudo fica coberto de neve. Na primavera, as flores aparecem e deixa todas as paisagens floridas. No outono as folhas secam e a paisagem fica de um lindo alaranjado, típico dos filmes.

No Central Park dá para fazer picnic, ver um show, patinar no gelo e dependendo da estação os passeios podem ser diferentes. Mas é garantido que em todas as épocas do ano o Central Park é lindo! Se quiser curtir mais e passar mais tempo no parque é interessante visitá-lo nos meses mais quentes.

Ali na área do Central Park tem vários museus no Upper West e Upper East. Upper West Side é uma região/bairro, Upper East Side é outro bairro. Quem assistiu Gossip Girl com certeza sabe do Upper East (veja as séries e filmes famosos gravados em New York). São dois bairros que trazem dois dos principais museus que também estão nessa lista.

Brooklyn Bridge

Brooklyn Bridge
Brooklyn Bridge

A Brooklyn Bridge é um dos pontos mais fotografados de New York, essa ponte liga Manhattan ao Brooklyn. É um passeio super gostoso, tem uma vista linda da cidade e ainda dá para ver a Estátua da Liberdade. Dá para visitar a ponte a pé ou de bicicleta, e é aconselhado ir nos meses mais quentes, mas há quem faça no inverno também.

5 Avenida

Outra coisa que dá para fazer ali perto é visitar a 5 avenida que é super famosa por ser quase um shopping aberto, são várias lojas seguidas uma da outra. Então você vai passeando e fazendo compras. Há quem deteste fazer compras e passe rapidinho pela 5 avenida, mas para quem gosta de comprar ali é o paraíso.

Na 5 avenida tem a New York Public Library que é um prédio lindo e antigo que á apareceu em diversos filmes, se for passar por ali tire pelo menos uma foto. O Battery Park ali perto é um parque super aconchegante, apesar de pequeno. Sempre acontecem várias coisas legais no parque, no inverno fica com uma feirinha com coisas de Natal (saiba mais sobre o Natal em New York).

Empire State Building e Rockefeller Center

Empire State Building
Empire State Building

Perto da 5a Avenida tem dois pontos super importantes que é o Empire State Building que é o prédio ícone de New York, onde você pode subir e ter uma vista incrível da cidade. O conjunto de prédios Rockefeller Center, onde provavelmente você também vai passar, é um complexo maior e acaba sendo muito famoso pela pista de patinação e a árvore de Natal que eles montam ali no inverno. O Top of The Rock é o topo de um dos prédios do Rockefeller Center onde você pode subir e ter uma vista ainda mais bonita de Manhattan, ainda dá para ver o Empire State.

A alguns quarteirões do Rockefeller Center fica a Grand Central Station, uma estação de trem e metrô que também já apareceu em muitos filmes. Na estação também tem uma praça de alimentação e uma loja da Apple e o local por si só já é uma atração porque é muito lindo.

Também da para incluir no passeio (que fica perto dessas atrações citadas) o MoMA (Museum of Modern Art) e a loja do MoMA que também é muito legal para quem gosta de arte moderna.

The Vessel

The Vessel
The Vessel

O The Vessel é um prédio novo com uma arquitetura super diferente de qualquer outra estrutura em New York, dá para tirar fotos sem precisar subir no The Vessel, mas também é possível entrar nele. Ele é gratuito, mas precisa fazer uma reserva antes. Tem um complexo de lojinhas ali por perto que vale a pena olhar. Depois de tirar fotos no The Vessel entre no High Line Park que fica do lado.

O que fazer nos bairros Chelsea e Meatpacking

Se você está de viagem marcada, se prepare para incrementar seu roteiro! E se você mora em New York, conheça mais sobre os bairros Chelsea e Meatpacking e coisas para fazer nesses locais. Quando falamos nos bairros Chelsea e Meatpacking logo nos vem na cabeça os pontos famosos High Line Park e Chelsea Market, mas lá não tem só isso! Vamos mostrar mais coisas para fazer nesses locais.

Curiosidade: para quem não sabe “Meat” significa carne e nos anos 1900 tinha mais de 250 frigoríficos e matadouros nessa região, por isso ganhou esse nome. Atualmente, o Meatpacking se transformou em uma região super charmosa, cheia de lojas de grife famosas e muita coisa legal para se fazer.

High Line Park

O High Line Park é um dos parques mais legais de New York, ele é super diferente dos demais. Ele fica suspenso em um viaduto onde passava uma linha de trem antigamente e agora foi construído um parque bem urbano mas cheio de flores super gostoso. Ele vai dessa região até o Chelsea Market onde tem várias lojas e restaurantes.

Você pode fazer todo esse combo de uma vez só, olhar o The Vessel rapidinho, um passeio pelo High Line Park e depois curtir o Chelsea Market.

Chelsea Market

Você já deve ter ouvido falar o Chelsea Market porque é um clássico dessa região! O que muita gente não sabe é que o Chelsea Market no passado era a fábrica da Nabisco! Em 1912 a Nabisco inventou o Oreo, nessa fábrica! Então em 1959 com os negócios da fábrica crescendo, eles acabaram saindo do local e a fábrica ficou abandonada até 1990, quando um investidor comprou o espaço e 7 anos depois nasceu o Chelsea Market.

Atualmente o Chelsea Market tem mais de 50 restaurantes e lojas e é um ótimo lugar para explorar, tem muitas coisas locais também.

O lugar fica muito movimentado no horário do almoço, entre meio-dia e 2 ou 3 da tarde, então se você não gosta de muita gente no mesmo local, recomenda-se ir antes ou depois desse horário.

Curiosidade: o escritório do Youtube chamado Youtube Space  fica no Chelsea Market. Os criadores de conteúdo com um certo número de inscritos podem usar esses estúdios para produzir conteúdo.
Curiosidade 2: A antiga placa da Nabisco ainda está no Chelsea Market.

Nesse lugar não falta opções de comida, tem um lugar muito famoso para comer lagostas chamado The Lobster Place, também tem um lugar para comprar temperos, tacos, comida vegana, saladas, cookies… Sem contar as outras lojas de roupas, beleza e decoração (não deixe de conferir a Anthropologie). Separe pelo menos 1 hora para explorar o mercado com calma.

Vá até o final do Chelsea Market em uma área que se chama Artists & Fleas, nessa parte são vendedores são locais da cidade, tem artesanato, moda, alguma coisa de segunda mão, então vale muito a pena se você quiser conferir coisas diferentes e não óbvias.

Endereço: 75 9th Ave, New York
Site oficial: chelseamarket.com

Google Learning Center

Na frente do Chelsea Market tem o prédio do Google. Muitas pessoas se perguntam se é possível visitar escritórios de empresas como Instagram, Facebook e Google. A verdade é que essas empresas não são pontos turísticos, então a menos que você tenha algum conhecido trabalhando dentro de uma delas e deixe você entrar para um passeio, não vai rolar. Mas temos uma novidade! O Google lançou o NYC Learning Center, eles oferecem aulas gratuitas de Marketing Digital, Produtividade e outros tópicos, tudo em inglês. Você pode conferir o calendário online para se inscrever.

Endereço: 111 8th Ave
Site: events.withgoogle.com/grow-with-google-in-nyc

Restoration Hardware

Se você curte arquitetura, design e decoração ou se você quer incluir na sua viagem um lugar muito lindo, você tem que incluir na sua viagem o Restoration Hardware. Eles se apresentam como sendo uma galeria, eles têm móveis, luminárias e aluminação de todo tipo, tapeçaria, trabalho dos designers, itens para banheiros, camas, espelhos, tudo de luxo, e como bônus ainda tem um restaurante no rooftop e um café no terceiro andar.

O RH Restaurante fica no rooftop e é cercado por arbustos, tem alguns sofás em áreas cobertas, mesinhas espalhadas e muito verde! A comida é gostosa, bem preparada e o atendimento é excelente! Você pode fazer sua reserva clicando aqui. Além do restaurante também tem um café no terceiro andar com mesas na sacada.

Endereço: 9 9th Ave
Site oficial: rh.com

Starbucks Reserve

Você deve estar pensando: mas Starbucks tem em todo canto, não vou perder tempo da minha viagem visitando uma Starbucks. Sim, em circunstâncias normais é melhor mesmo visitar um café que seja melhor que a Starbucks, mas a Starbucks Reserve é um conceito diferente. Essa unidade de New York foi a quarta de seis unidades que a Starbucks abriu no mundo inteiro. É bem especial!

Tem vários bares lá dentro que oferecem coquetéis de café, cafés com grãos diferenciados e também é possível comprar grãos de café para levar para casa. O lugar é gigantesco! Se você gosta de café vale a pena visitar a Starbucks Reserve.

Endereço: 61 9th Ave
Site: starbucksreserve.com

Samsung 837

Se você curte tecnologia, a Samsung 837 precisa estar no seu roteiro. Esse lugar é apresentado pela Samsung como um playground digital e ali não se vende nenhum produto, a Samsung espera que as pessoas visitem o local e vivenciem um pouco da marca. Lá tem um espaço com um telão gigante onde eles promovem eventos que em sua maioria são gratuitos, você pode conferir a programação no site deles.

Endereço: 837 Washington St
Site: samsung.com/us/837

Whitney Museum

Se você gosta de arte contemporânea, no Meatpacking tem o Whitney Museum, ele é dedicado a arte contemporânea americana com foco em artistas vivos. Esse museu tem 9 andares e a sua coleção é considerada uma das melhores do mundo. No rooftop tem um restaurante com uma vista incrível.

Às sextas-feiras das 7pm as 10pm você pode pagar a quantia que quiser para entrar, nos outros dias custa US$25 dólares para adultos. Saiba mais sobre o Whitney Museum clicando aqui.

Endereço: 99 Gansevoort St
Site oficial: whitney.org

Le Bain – The Standard

Le Bain é uma balada que fica no hotel The Standard em Meatpacking. Além da balada divertidíssima, a Le Bain ainda tem um rooftop com vista para New York. É legal tomar um drink por lá ao pôr-do-sol e, se for verão, comer um crepe no gramado do rooftop ou aproveitar a piscina no meio da balada. Ou participar de uma das Sunset Parties que normalmente acontecem aos sábados.

Endereço: 848 Washington St
Site oficial: lebainnewyork.com

O que fazer no bairro Harlem em New York

O bairro Harlem fica no norte da ilha de Manhattan e tem fama de ser perigoso, mas isso é um MITO que te impede de conhecer uma região que tem um monte de coisas para fazer. O Harlem é meio subestimado pelos turistas por ouvir falar coisas sobre o bairro, sem nunca ter pisados os pés por lá. Inclusive, muitos até acreditam que o Harlem não fica em Manhattan, mas ele fica sim, na área acima do Central Park, dentro da ilha de Manhattan.

O Harlem já foi perigoso, mas hoje não é mais. New York é uma cidade super segura! Inclusive, se for olhar o mapa do crime em New York, áreas super visitadas no sul do Central Park podem ser mais perigosas que o próprio Harlem. Outra coisa que é bom lembrar é que o Harlem é completamente diferente de Midtown, que é completamente diferente de Williamsburg que é completamente diferente de Astoria. E a graça de New York está justamente nisso! Cada bairro é como se fosse uma outra cidade, um outro mundo!

Vale muito a pena conhecer o Harlem, principalmente se você é aquele viajante que já conhece a cidade e está procurando coisas novas para se fazer, programas menos óbvios, ou até se é você é um morador de New York e ainda não conhece esse bairro. Vamos listar aqui várias coisas para fazer que vão além da rota turística tradicional.

Restaurantes no Harlem

Red Rooster

Red Rooster é especializado em Soul Food – culinária do sudeste dos EUA e da cultura afro-americana e é MARAVILHOSA! E de bônus ainda tem um ambiente super legal. Esse restaurante é praticamente uma instituição do bairro.

Aos domingos durante o brunch eles tem Jazz ao vivo e você não paga nada a mais por isso. Os pratos do brunch custam a partir de US$17 dólares. As segundas a noite eles também tem música ao vivo R&B (gênero musical que combina elementos do Rhythm and Blues, Soul, Funk, Pop, HipHop e Dance) e por isso pode-se dizer que é uma das noites mais agitadas.

No subsolo Red Rooster eles têm outro restaurante/bar tipo Speakeasy chamado Ginny’s Supper Club e aos domingos durante o brunch eles tem o brunch gospel. Brunch com buffet livre por US$55 por pessoa em dois horários: as 10am e 12:45pm.

Além disso, o Red Rooster tem várias outras programações durante a semana, acessem o site oficial deles e confira, porque esse é um restaurante que se você for para o Harlem, não pode deixar de conferir.

Localização: 310 Lenox Ave, New York, NY 10027, Estados Unidos

Sylvia’s Restaurant

Outro restaurante clássico do Harlem é o Sylvia’s que é especializado em frango frito (fried chicken) com waffles, é super clássico e tradicional e vale muito a pena experimentar.

Localização: 328 Malcolm X Blvd, New York, NY 10027, Estados Unidos

Harlem Shake

Outro restaurante bem legal no Harlem é o Harlem Shake que é especializado em burguers e fast food que são muito gostosos, inclusive, os milk shakes deles valem muito a pena!

Localização: 100 W 124th St, New York, NY 10027, Estados Unidos

Seasoned Vegan

A última dica de restaurante é para os veganos! Existe um restaurante no Harlem chamado Seasoned Vegan que é simplesmente MARAVILHOSO! Então se você é vegano e está procurando boas opções na cidade, não deixe de incluir esse restaurante no seu roteiro.

Localização: 55 St Nicholas Ave, New York, NY 10026, Estados Unidos

Compras no Harlem

O Harlem também é um excelente lugar para fazer compras! Isso porque além de ter várias lojas conhecidas, também tem lojas que não tem em outro endereço de Manhattan.

Gap Factory (264 W 125th St) e a Banana Republic Factory (261 W 125th St) que são lojas de desconto dessas duas marcas e também uma loja da Carter’s (215 W 125th St) para quem quer comprar roupa de crianças e de bebês. Além disso também tem a Lane Bryant (224 W 125th St #222) que é uma marca de roupas plus size como também várias outras marcas. Também tem na região o complexo East River que conta inclusive com uma unidade da Target (517 E 117th St) que vale muito a pena conhecer.

Apollo Theater

Um dos lugares mais importantes do Harlem e também da cidade de New York é o Apollo Theater, que inclusive é considerado um patrimônio histórico do país. Ele abriu as portas em 1914, teve alguns problemas e fechou e depois em 1934 foi reaberto – e continua funcionando desde então.

Esse foi um lugar muito importante para o cenário de Jazz, Soul Music, Blue e outros gêneros. Grandes estrelas já passaram por lá como Paul Cccartney, Michael Jackson e até mesmo a Lady Gaga. Inclusive, na frente do teatro tem uma calçada da fama com alguns nomes importantes que já passaram pelo Apollo Theater.

Se quiser visitar o Apollo Theater você pode reservar um tour, é só olhar as informações no site oficial do teatro. Um dos eventos mais famosos do Apollo Theater é a Noite dos Calouros (Amateur Night) que começa toda semana a partir de fevereiro. E o público é super exigente! E esse concurso existe desde 1934. É um dos eventos culturais mais famosos da cidade.

Culto Gospel

Muita gente quer ir ao Harlem para ver de perto uma celebração com culto gospel e a Abyssinian Baptist Church (132 Odell Clark Place) é uma das congregações negras mais antigas e mais significativas dos EUA. As celebrações lá acontecem todos os domingos, porém, os turistas são bem-vindos apenas nos horários das 10am desde que não seja em nenhuma das seguintes datas: Ano Novo, segundo Domingo de Março, Paixão de Cristo, Páscoa, Dia das Mães, segundo Domingo de Setembro, segundo Domingo de Outubro e Natal.

Não é permitido tirar fotos e nem gravar vídeos. E a orientação é que você chegue pelo menos meia hora antes. Lembre-se que não é um ponto turístico, é uma igreja e a orientação é que os turistas permaneçam na celebração até o fim.

Jazz

Não tem como falar do Harlem sem falar de Jazz. O Red Rooster é um ótimo lugar para apreciar o Jazz, mas não o único, outro lugar para quem quer apreciar o Jazz é o Milton’s Playhouse.  O Milton’s foi fundado em 1938 e é um clássico do bairro, eles tem uma programação intensa e também tem brunch com Jazz.

Localização: 206 W 118th St

Levain Bakery

E para encerrar a lista de coisas para fazer no Harlem, não deixe de comer os cookies da Levain Bakery que dispensam comentários e apresentações, são os mais famosos da cidade!

Localização: 2167 Frederick Douglass BLVD

Analise bem as opções, veja o que dá para fazer no mesmo dia para não ficar andando pela cidade sem necessidade, conheça o metrô para facilitar sua locomoção e aproveite New York da melhor maneira possível.

E aí, ficou animado para conhecer as atrações? Então tire o seu Visto de Turismo e aproveite tudo o que New York tem para oferecer. Boa viagem!

O que não fazer em New York

Se você está planejando passear em New York, fique ligado nas nossas dicas. Na hora de montar seu roteiro de viagem, é legal levar em consideração os lugares que você pretende ir e em quais dias esses passeios serão feitos, que tipo de locomoção você irá usar para ir de uma atração à outra, quais passeios estarão no roteiro e quais ficarão de fora e também analisar o clima para a data que você escolheu viajar. Então se você quer ir para New York, não deixe de conferir o que não fazer na cidade.

Não vá na dos outros

Muitas pessoas dizem: “você não foi para New York se não fez tal coisa ou comeu em tal lugar”. Se no seu passaporte está que você foi para New York, então você foi para New York. Não confie em listinhas de viagem perfeita que tem por aí, porque cada pessoa é uma pessoa diferente e o que pode ser legal para um pode ser chato para outro.

New York é uma cidade imensa, pluralista e cada um vai conhecer a cidade de um jeito. O seu jeito pode ser diferente do jeito do colega. Faça sempre os passeios que te interessa.

Não alugue carro

Em New York sempre tem trânsito, você vai demorar muito mais para ir de um lugar para outro se for de carro. Além disso, acaba gastando mais, não só com o aluguel, mas estacionar na cidade é complicado e caro se for pagar um estacionamento. Os prédios e hotéis não têm estacionamento!

Aluguel de carro é uma boca dica para outras cidades em outros estados, mas New York, alugar um carro é cilada. É melhor usar o metrô, Uber, Lyft, Via ou outras opções.

Não tente gabaritar a cidade

Nem um morador de New York não consegue gabaritar a cidade inteira, ainda mais um turista que fica geralmente por pouco tempo. E pior, quando tentam gabaritar a cidade, acabam passando pelas atrações com pressa para conseguir ver tudo e não aproveitam nada. Então tente curtir bastante as coisas que você escolher para fazer e faça as coisas com calma. Escolha as coisas que te interesse e aproveite elas. Ninguém consegue ver tudo mesmo e está tudo bem. Em uma outra oportunidade você volta e vê mais um bocado de coisas com calma, aproveitando sempre da melhor forma possível.

O Central Park mesmo, precisa de uns 3 dias para conseguir ver o parque inteiro. Tem várias atrações dentro do Central Park que já é uma atração por si só. Então tire tempo para aproveitar o Central Park, tire pelo menos uma tarde para aproveitar bem um museu. E não esqueça de deixar espaços abertos na sua programação para possíveis imprevistos. Caso não ocorra imprevistos, sobra tempo para ser espontâneo e tomar um café e tirar umas fotos. Com certeza coisa para fazer você vai achar.

Não deixe de analisar a estação da data da sua viagem

De novembro até março é MUITO frio. Abril começa a esquentar um pouco mas ainda é frio. Maio começa ameno e termina quente. De junho até agosto é BEM quente. Setembro é quente e em outubro começa a ficar ameno. No final de outubro para novembro já está frio e começa tudo de novo (saiba mais sobre as estações aqui).

Então se você quer ver neve, vá no inverno. Mas também leve em consideração que o frio deixa tudo mais difícil na área externa, já que a maioria dos passeios são externos. Se não gostar do frio, opte por ir num clima ameno, já que o calor em New York é calor demais e fica incômodo ficar passeando no calor.

Analise também as férias escolares dos americanos, porque geralmente as coisas ficam mais caras ou mais cheias nessas datas.

Não deixe de planejar sua viagem

Planejar o que fazer bem no dia de passear é uma perca de tempo. Tem muita coisa para ver em New York, a ponto de você ter tanta opção na sua frente de não saber o que fazer primeiro. Sem contar que os horários e programações de cada atividade pode mudar de um dia para o outro, então cheque os horários antecipadamente, veja se não vai ter nenhum evento acontecendo por perto (alguns eventos podem fechar as ruas e você não conseguir passar). Então planejar e ver o que estará acontecendo por perto no dia que você for visitar aquela atração pode evitar de você perder tempo também.

Além disso, muitas coisas você tem que marcar antes, até atrações gratuitas. Como o The Vessel, que é uma atração nova e gratuita, mas tem que marcar antecipadamente para visitar. Outros lugares podem ser concorridos. Até restaurantes, quando eles permitem reserva, é interessante reservar para não ter que lidar com um restaurante lotado. Então estude sua programação, conheça as informações e as suas ferramentas para fazer as melhores escolhas.

Não fique somente em Midtown Manhattan

Midtown Manhattan é realmente incrível e tem as principais atrações da cidade, como Central Park, Rockefeller Center, Empire State, Times Square, dentre outras, e é onde a maioria dos turistas sempre ficam, mas New York não é só isso. Mas quanto mais dias, mais você poderá aproveitar as coisas fora de Midtown Manhattan. Explore! Conheça Upper Manhattan, Downtown Brooklyn, Brooklyn Heights, Dumbo, Williamsburg, Upper West Side, Upper East Side, Soho, Bronx, Queens… Tire pelo menos um dia para conhecer essas outras áreas. Você ficará surpreso de como cada local tem sua própria personalidade. Vale a pena ver alguma coisa diferente que tenha por esses lados. Faça o básico, as principais atrações, mas também separe um tempinho para sair do básico.

Gostou das dicas de o que não fazer em New York e quer saber mais sobre essa cidade maravilhosa? Então clique em um dos links abaixo.


Perguntas frequentes


Qual é a melhor época do ano para visitar New York?

A cidade de Nova York é incrível durante todo o ano, mas a melhor época para visitar depende das suas preferências pessoais. O outono é uma época popular devido às folhas coloridas das árvores e clima ameno. O inverno é ótimo para aqueles que desejam experimentar o Natal em Nova York. A primavera é ideal para visitantes que querem ver os jardins e parques florescendo, enquanto o verão é perfeito para aproveitar as atividades ao ar livre.

O que é o metrô de New York?

O metrô de Nova York é o sistema de transporte público subterrâneo que atende a cidade de Nova York e é uma das formas mais rápidas e eficientes de se locomover na cidade. Ele funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, e tem uma vasta rede de rotas que cobrem a maioria das áreas da cidade.

Onde posso encontrar boa comida em New York?

Nova York é um paraíso gastronômico, com muitas opções deliciosas de restaurantes. Você pode encontrar comida de rua em muitos lugares da cidade, bem como restaurantes famosos de chefs renomados. Alguns bairros conhecidos por sua comida incluem o SoHo, o West Village, o Lower East Side e o Chinatown.

Quais são as melhores lojas de New York?

Nova York é conhecida por suas lojas incríveis, desde butiques exclusivas até lojas de departamentos icônicas. Algumas das lojas mais populares incluem a Macy’s, a Saks Fifth Avenue, a Bloomingdale’s, a Tiffany & Co., a FAO Schwarz e a Barnes & Noble.

Onde posso encontrar hospedagem em New York?

Nova York tem muitas opções de hospedagem, desde hotéis de luxo até albergues econômicos. Alguns dos bairros mais populares para hospedagem incluem o Midtown Manhattan, o Upper East Side, o SoHo e o Lower East Side. É importante reservar com antecedência, especialmente durante os períodos de alta temporada.


VEJA TAMBÉM:

 

Filipe Almeida

Empresário, CEO do grupo MAIS USA, descobri o marketing em 2002, desde então tenho estado envolvido de alguma forma. Atuo ativamente servindo a Comunidade Brasileira nos Estados Unidos. Minha missão e contribuir da melhor maneira com nossa comunidade e deixar um legado em nossa história.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: