TURISMO

Como economizar na viagem para New York

Viajar para New York é o sonho da maioria dos brasileiros. E como todos sabem, New York é uma cidade cara. Mas hoje em dia é muito fácil reservar toda a sua viagem pela internet! Além de ser mais fácil, ainda fica mais barato. Conheça algumas dicas para economizar na viagem para New York.

Viaje na baixa temporada

Se você tem  flexibilidade para escolher a data da sua viagem, escolha viajar na baixa temporada. Nos meses de baixa temporada as passagens e os hotéis acabam ficando mais baratos.

O mês de julho, por exemplo, é alta temporada por causa das férias escolares do Brasil. Final de dezembro e começo de janeiro também, porque todos querem passar o Natal e o Ano Novo em New York. Março é Spring Break por causa do recesso oferecido aos estudantes americanos, portanto é melhor fugir dele também.

Viajando na baixa temporada os pontos turísticos ficam mais vazios e a maioria das coisas mais baratas. É só sucesso!

Transporte

Não alugue um carro! Diferente de Orlando, Miami ou Califórnia, em New York você não precisa alugar um carro. Dá para fazer tudo de Metrô! Para todo ponto turístico que você for visitar, sempre tem um metrô a duas ou três quadras, permitindo assim uma locomoção muito fácil. O Metrô acaba sendo mais barato e cobre a cidade inteira, funciona super bem, tanto que dispensa um carro. Você pode comprar o passe semanal que custa US$32 (dólares) e usar a semana inteira ilimitado.

O metrô fica mais barato que táxi e mais barato que Uber, então guarde esses dois só para uma necessidade, caso queira voltar para o hotel com um pouco mais de conforto ou então queira saber como é entrar nos famosos táxis amarelos de New York que aparecem nos filmes. Mas use e abuse do metrô.

E mais! O metrô tem um aplicativo que te informa qual metrô leva para qual ponto turístico, é super organizado e funciona muito bem.

Seguro viagem

Não dá para viajar para o exterior sem o seguro viagem ele contempla várias assistências como assistência médica, odontológica, seguro de extravio de bagagem, de roubo, de perda de voo… Então caso aconteça algum imprevisto do tipo, o que nós torcemos para nunca acontecer, tem o seguro viagem. E é excelente escolher um bom seguro viagem, porque só uma consulta nos EUA é de US$500 dólares para cima. Uma internação então nem se fala. O valor do seguro é proporcional aos dias de viagem, então escolha bem um que tenha uma boa cobertura.

Hospedagem

Hospedagem em New York é uma das mais caras do mundo! Então pesquise com carinho e dê atenção para a escolha do hotel. Em Manhattan a hospedagem é mais cara do que no restante da cidade, já Manhattan é o coração de New York e onde fica a maior parte das atrações. Se você ficar hospedado mais longe de Manhattan, pode ser que você encontre hospedagem mais barata, entretanto, a locomoção até Manhattan acaba não deixando compensar se hospedar longe. Como a maioria das atrações ficam em Manhattan, você irá passar a maior parte da sua viagem lá e se hospedar longe pode não ser a melhor opção.

Hospedagem longe de Manhattan é mais barato e para quem quer mesmo economizar pode ser uma boa ideia. Mas, mesmo assim, compensa pagar um pouquinho mais e ter uma viagem mais gostosa com tudo ali pertinho do seu hotel.

Compre o chip ainda no Brasil

Imagina chegar nos Estados Unidos e ter que ir comprar um chip e contratar um plano para poder usar a internet? Fica ainda pior para quem não domina o inglês. Então garanta seu chip já do Brasil e vá tranquilo.

Tem muitas empresas que vendem o chip pré pago e entregam na sua casa no Brasil, basta colocar no celular, chegar nos EUA e usar a vontade. Comprar nos EUA pode ser uns $5 dólares mais barato. Então vai da escolha de quem está comprando. Tem que levar em consideração que tem que ir atrás de uma loja que venda chip, falar em inglês com o vendedor, contratar um plano, instalar no celular… É uma escolha entre economizar tempo ou dinheiro.

Compra de dólares

Levar o dinheiro em espécie te faz economizar um pouco porque você não paga os 6% de IOF. No cartão pré pago e no cartão de crédito você paga os 6%, então leve uma boa parte em dinheiro (não muito porque também é perigoso perder) e o restante no cartão pré pago. Dessa forma você consegue controlar seus gastos certinho com a taxa cambial certa, já que o pré pago tem a taxa mais barata que o cartão de crédito. Deixe o cartão de crédito somente para uma emergência.

Passeios gratuitos

Use e abuse dos passeios gratuitos. Em New York dá para fazer muita coisa sem precisar gastar com atrações, até andar pelas ruas já é um passeio porque parece as cenas dos filmes.  Você pode visitar o Central Park, a Times Square, o Memorial do 11 de setembro, os museus Brooklyn Children’s, Van Cortlandt House ou o famoso MoMa… Tem muita coisa de graça, Catedrais e Monumentos históricos, Galerias de Artes e Jardins Botânicos. Pesquise tudo o que for gratuito e conheça todos os lugares. Rende muitas fotos boas, experiências incríveis e você ainda economiza um monte passeando por New York.

Tem muito passeio gratuito mas também tem muita atração importante que não tem jeito, tem que pagar para entrar. Mas ainda há esperança! Existem combos de ingressos que te permitem economizar nas entradas das atrações, já falamos um pouco sobre o New York CityPass e também tem o Go Card. Com o CityPass você tem acesso a 6 das principais atrações de New York, com ele você economiza quase metade do que gastaria se comprasse os ingressos das atrações separados.

E aí, gostou das dicas? Veja mais sobre New York no nosso site!

VEJA TAMBÉM:

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo